A CRISE DA IGREJA CATÓLICA NO RENASCIMENTO: UM DIÁLOGO ENTRE RABELAIS E MENOCCHIO

Gabriel Lecznieski Kanaan

Resumo


Ao final do século XV e por todo o século XVI, a Europa passa por um momento de intensas transformações econômicas, sociais e políticas. O mercantilismo começa a se impor, as ideias humanistas e renascentistas fervilham pelo continente e a Reforma modifica consideravelmente as estruturas da sociedade europeia ocidental. Para compreender melhor a natureza dos fenômenos que levaram à contestação das antigas estruturas da sociedade europeia (focando na instituição católica), bem como a respectiva abrangência deste processo de contestação, são comparadas as perspectivas de Rabelais às de Menocchio, duas figuras que vivenciaram esta conjuntura de transformações a partir de contextos diferentes.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akropolis.v26i2.3798