UMA REFLEXÃO ACERCA DO TEXTO “SE EU FOSSE PINTOR...”

Ednéia Aparecida Bernardineli Bernini

Resumo


Este artigo refere-se a uma pesquisa bibliográfica, com embasamento teórico, principalmente, em John R. Searle (1991,1999, 2000) e Chomsky (1998), tendo como objetivo refletir sobre aspectos da consciência humana, relacionando-a à crônica “Se eu fosse pintor...” de Cecília Meireles. Não é um trabalho Literário, mas da área de Educação e dos Estudos da Linguagem. Outra retomada é em relação à aquisição da linguagem e as contribuições dos Parâmetros Curriculares Nacionais e das Diretrizes Curriculares de Educação Básica para a prática pedagógica. A análise revelou que as interferências externas são fatores determinantes para a efetivação de qualquer produto, seja um quadro, uma aula, uma pesquisa, uma investigação, um julgamento, visto estar a mente humana predisposta para a sua concretização..

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akrópolis.v20i1.4449