A CONSTRUÇÃO DE VALORES E LIBERDADE: A EDUCAÇÃO COMO PROCESSO DE REFLEXÃO MORAL E EXISTENCIAL SEGUNDO SARTRE

Guilherme Henrique Frassan, Rafael Oliviera Prina, Jorge Antonio Vieira

Resumo


O presente trabalho investiga a dimensão ética da existência humana e a constituição de valores de acordo com a filosofia existencialista de Jean-Paul Sartre. A realidade humana, nessa perspectiva filosófica, não se descreve como sendo uma natureza transcendente ou biológica, mas uma condição de liberdade que consequentemente conduz às ideias de escolha e responsabilidade pelas ações humanas e suas consequências. Essa liberdade existencial se manifesta também no aspecto ético da existência humana, no sentido de que não há uma moral fundamental e transcendente que oriente a conduta humana, mas que o homem pode construir seus próprios valores. O ser humano, no que diz respeito à sua existência no cotidiano, comumente não possui uma consciência reflexiva acerca de sua liberdade existencial e ética, e nesse sentido desenvolvemos a ideia que a educação seria uma maneira de contribuir para essa consciência, em que o professor, inspirado na filosofia e na ética sartreana poderia conduzir seu aluno à uma conversão radical e estimulá-lo a refletir sobre sua existência, sobre as suas escolhas e ações morais.

Texto completo:

PDF