CARACTERIZAÇÃO DAS SEQUELAS DAS VÍTIMAS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETA EM VIAS URBANAS NUMA CIDADE DA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ

Andressa Petenuti, Luciano Lopes, Raquel Jara Volpato, Maria Adelaide Pessini

Resumo


O presente artigo visa caracterizar as sequelas das vítimas de acidentes motociclísticos, quanto aos tipos de ocorrências/serviços prestados pelo corpo de bombeiros, os tipos de ferimentos conforme classificação do corpo de bombeiros e o número de óbitos. A referida pesquisa é de revisão bibliográfica, cujo método de abordagem é documental (Sistema digital de dados operacionais). Após o levantamento e a coleta do número de acidentes, bem como os procedimentos e sequelas resultantes, objetivou-se a realização de análise crítica no que diz respeito aos fatores que contribuem para determinados acidentes, além dos prejuízos causados em termos econômicos e sociais. Os dados foram coletados no site do 6º Subagrupamento Independente de Umuarama (www.bombeiroscascavel.com.br) referente ao ano de 2012 e analisadas a partir de categorização/classificação e quantitativamente no que se refere à incidência de óbitos. Atribui-se os altos índices de acidente envolvendo motocicletas ao preço acessível, facilitando assim a compra para diversas classes sociais, a grande exposição o qual se encontra os motociclistas, e a irresponsabilidade acompanhada das imprudências no trânsito, haja vista tratar-se de um meio de locomoção ágil e rápido, no entanto, desprovido de conforto e segurança, resultando assim em um, excessivo número de acidentes acompanhados de danos físicos, psicológicos, materiais e sociais.


Texto completo:

PDF