O BRINCAR DIANTE DAS NOVAS TECNOLOGIAS NA CLÍNICA PSICANALÍTICA

Mayra Ramalheira Almeida, Paulo José da Costa

Resumo


Em geral, o brinquedo é utilizado pela criança como uma atividade lúdica que tem profundas consonâncias com seu mundo interno, e para os psicólogos de orientação psicanalítica eles são usados como uma forma de expressão e comunicação no processo psicoterapêutico infantil. Considerando as profundas mudanças ocorridas nos modos de brincar e na produção de brinquedos, principalmente a partir da introdução das novas tecnologias como a internet, os jogos eletrônicos etc., buscou-se investigar como a evolução do brinquedo e suas implicações no brincar estão se manifestando no contexto da clínica psicanalítica com crianças. Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório, cujos dados foram coletados através de entrevista semiestruturada com psicólogos clínicos de referencial psicanalítico, atuantes na cidade de Maringá-PR. Para estes psicólogos, a tecnologia é atual e presente no cotidiano de todos e não seria diferente na vida infantil. Desse modo, a função deles é verificar a simbolização que seu paciente traz, seja por brinquedos tecnológicos ou não, visando a compreensão dos conteúdos inconscientes.


Texto completo:

PDF