INDIVIDUALIDADE E PÓS-MODERNIDADE NO PENSAMENTO DE BAUMAN E NA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL

Alvaro Marcel Palomo Alves, Afonso Henrique Iwata

Resumo


O conceito de individualidade é amplamente discutido nas ciências humanas, perpassando várias disciplinas (Psicologia, Filosofia, Ciências Sociais, História, Geografia e Educação). O presente artigo tem como intuito investigar alguns aspectos desse conceito para Zygmunt Bauman na obra “Modernidade Líquida” e para autores da psicologia histórico-cultural. Primeiramente apresentamos como Bauman relaciona a individualidade com sua concepção de modernidade líquida, na sequência discutimos os pressupostos da concepção histórico-cultural de indivíduo e sociedade e por último concluímos pela comparação epistemológica entre os autores, examinando as possíveis aproximações e/ou distanciamentos entre eles. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akropolis.v25i2.6398