LIBERTAÇÃO VERSUS HEGEMONIA: APROXIMAÇÕES ENTRE PAULO FREIRE E ANTONIO GRAMSCI

Alan Caldas Simões

Resumo


O presente artigo tem como objetivo realizar aproximações teóricas entre as ideias de Paulo Freire e Antônio Gramsci quanto às suas concepções de sociedade e educação. Dessa forma, problematizamos sobre as possíveis relações entre tais autores, enfocando os modos e percursos que definem para transformação individual e social do homem. No campo educativo, Gramsci apresenta uma proposta ampla e sistemática, em que identifica a articulação entre educação e política em nível individual e coletivo. Em Freire, estas noções se encontram fragmentadas na noção de conscientização e libertação. No campo social enquanto para Gramsci o processo de transformação da sociedade assume uma ótica política de enfrentamento, em Freire esta noção é marcada pela fé e pelo cristianismo. Por fim, esperamos que nosso trabalho fomente questões sobre as possibilidades de aproximações teóricas e práticas entre esses dois autores que influenciaram o pensamento educativo do século XXI.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akropolis.v25i1.6675