O PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA RECREAÇÃO HOSPITALAR: REFLEXÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DE SUA ATUAÇÃO NESTE AMBIENTE

Danilo César Pereira, Daniel de Souza Silva, Isabella Caroline Belém

Resumo


A recreação é impulsionada pelos aspectos físicos, sociais e psicológicos, sendo responsável por proporcionar o entretenimento, a distração e a diversão que devem ser usados de modo construtivo proporcionando benefícios aos indivíduos. A Recreação hospitalar, por sua vez, é uma das formas de recreação que visa colaborar com a recuperação, a reabilitação e o resgate do aspecto saudável dos pacientes hospitalizados, cabendo ao profissional de Educação Física ser o responsável por essa prática. Este trabalho objetivou investigar a importância da atuação do profissional de Educação Física na recreação hospitalar, verificando as formas de inserção do lúdico e da recreação no hospital, analisando se as atividades lúdico-recreativas auxiliam na recuperação de pacientes em tratamento. Este estudo se embasou na análise e interpretação de diversos dados obtidos em uma pesquisa bibliográfica acerca da temática. Por meio dessa pesquisa iniciou-se a construção de uma base metodológica, conceituando, analisando e refletindo a importância do profissional de Educação Física no âmbito hospitalar, onde, possibilitou o conhecimento de uma área de intervenção na Educação Física de grande importância social, além de contribuir com a humanização dos serviços prestados no hospital. Vários benefícios puderam ser observados durante o estudo, o mais relevante é o fato de tornarem os pacientes mais motivados, com maior autoestima para enfrentarem tal situação e que o profissional de Educação Física tem um papel de extrema importância na área hospitalar, visto que ele é detentor de um vasto conhecimento na área da recreação e essencial para tal prática hospitalar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v18i1.2018.6795