EDUCAR PARA DIVERSIDADE: A ESCOLA COMO ESPAÇO DE CONVÍVIO DAS DIFERENÇAS

Ana Carolina de Lima Feorenzano, Ana Maria Amado, Andressa Maranho Sirigu, Camila Vilas Boas de Almeida, Gabriel Antonio Parra Valhejo, Glaucia Milla Soares Campos, Kamila Moreira Scaco, Talia Regina de Oliveira, Lucyelena Amaral Picelli, Maria do Carmo Oliveira Nogueira, Vivianne Augusta Pires Simões

Resumo


O projeto tem por finalidade investigar teoricamente sobre o educar para a diversidade e sua formação docente no convívio escolar, previsto nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação em Direitos Humanos Parecer CNE/CP Nº. 08/2012. A escola é um lugar de convivência com a diversidade, é um espaço privilegiado para discussões de questões referentes aos direitos humanos e sensibilização dos estudantes quanto a seus direitos fundamentais. A diversidade, entendida como construção histórica, social, cultural e política das diferenças, realiza-se em meio às relações de poder e ao crescimento das desigualdades e da crise econômica que se acentuam no contexto nacional e internacional. A presente pesquisa tem por metodologia a pesquisa bibliográfica sobre o conceito da diversidade, buscando problematizar e articular seus desdobramentos às questões pertinentes à Educação e à diversidade, possibilitando um espaço de discussão, construção e desconstrução de saberes, discursos e práticas educativas na área de formação docente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v18i1.2018.6801