DEMOCRACIA NA ESCOLA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS

Márcia Aparecida Jacomini, Cileda dos Santos Sant’Anna Perrella, Marieta Gouvêa de Oliveira Penna, Isabel Melero Bello

Resumo


A gestão democrática da escola pública alçou status de princípio constitucional após muita luta e certo consenso de que uma sociedade democrática se faz com base numa educação democrática. Contudo, muitas vezes, a ideia e a prática de gestão democrática nas escolas públicas de educação básica, bem como nas instituições de ensino superior, ficaram restritas a um funcionamento formal das instâncias estabelecidas. Este artigo, cujos dados e análises advém de um projeto de extensão, tem como objetivo discutir o processo e os resultados de pesquisa numa escola da rede estadual de ensino de São Paulo. Trata-se de pesquisa-ação, na qual as práticas escolares têm sido objeto de problematização, com a finalidade de contribuir para democratização da organização e do funcionamento da escola. As análises foram realizadas a partir dos registros produzidos nos encontros mensais ocorridos na escola. Como referência teórica, foram mobilizados autores que discutem o conceito de democracia, e as possibilidades de sua realização na escola. Também, autores que discutem a escola como instituição social. O exercício de reflexão, envolvendo estudo e discussão, propiciou percepções e questionamentos sobre em que medida a comunidade escolar pauta suas ações cotidianas em princípios democráticos e suscitou mudanças nas práticas educativas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v19i1.2019.6995