A Historicidade do fazer Pedagógico: As Representações e o Ensino de História

José Adilçon Campigoto

Resumo


O tratamento dos textos didáticos como representações no ensino de história e suas implicações no âmbito das tendências pedagógicas, vistos a partir de uma experiência realizada com os alunos do curso de História, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, confrontando-se os conceitos: escolástico, platônico-aristotélico, idealista e materialista de representação. A crítica ao texto didático torna a sala de aula um espaço da construção da autonomia e da cidadania.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v2i2.2002.845