A Dinâmica Tecnológica da Agroindústria Canavieria do Paraná: Estudo de Caso da Usina Sabarálcool

Pery Francisco Assis Shikida, Jandir Ferrera de Lima, Moacir Piffer, Carlos Alberto Piacenti, Elizângela Mara Carvalheiro

Resumo


Este trablaho tem como objetivo analisar a dinâmica tecnológica da agroindústria canavieira do Paraná, através do estudo de caso da Usina Sabarálcool. Como corolário, dois pontos se destacam deste estudo: primeiro, não obstante os dados gerais sobre a matéria-prima terem revelado uma escala crescente para os números da moagem total e área colhida (salvo dois anos-sfras de queda no ritmo de crescimento), a Usina Sabarálcool vem vivendo uma situação financeira difícil, consubstanciada pela tendência - de longo prazo - baixista dos preços dos produtos vendidos, quebra de safra recente, aumento sazonal do preço da cana paga e decréscimo do índice de rendimento agrícola, fatores estes que acabam recrudescendo os custos finais de produção. Como conseqüência, o endividamento surge como forma de viabilizar as rotinas financeiras da Usina. Segundo, mesmo diante deste quadro conjuntural, esta empresa tem tido a percepção de que a agroindústria canavieira, antes sujeito de uma série de arranjos institucionais que ligavam os interesses organizados do setor com as estruturas de decisão do Estado, agora, necessariamente, deve estar atento à apuração dos custos, ao desenvolviemtno de novas tecnologias e aproveitamento econômico de subprodutos, como forma de definir o que é relevante para uma situação mais concorrencial. Esta clareza de mudança de paradigma está evidente nas formas de capacidades tecnológicas assumidas pela Usina, nos âmbitos da operação, investimento e na inovação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v2i1.1450