MECANIZAÇÃO DO CORTE DA CANA-DE-AÇÚCAR COMO FATOR DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL NO PARANÁ: UMA ANÁLISE DE CENÁRIO

Otmar Plec, Fabiola Juliana Rubim de Andrade, Eliane Aparecida Favarim, Carlos Alberto Piacenti

Resumo


O objetivo deste artigo foi estimar a produção de cana-de-açúcar até
2020 no Paraná, através do modelo log-lin e de tendência linear, prevendo-se a redução da emissão de CO2 a partir da mecanização da colheita. Como corolário, verificou-se que, com a mecanização da colheita em 100%, 80% ou 50%, o estado poderá obter, com a negociação de créditos de carbono, uma receita de 174, 139 ou 87 milhões de euros no ano 2020 (a preços atuais), respectivamente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v8i1.2673