Aprendizagem organizacional: processo para desenvolver conhecimento nas organizações

Odacir Miguel Tagliapietra

Resumo


O conhecimento organizacional nunca foi tão colocado em evidência
como no contexto atual. Desenvolver competências representa o caminho para a
competitividade e, conseqüentemente, para a sobrevivência das organizações. Por
isso, o processo para o desenvolvimento de conhecimento nas organizações vem
sendo redirecionado. A maneira tradicional de disseminar novas tecnologias ou
filosofias administrativas encontra-se defasada e não proporciona o aprendizado
necessário para tornar as pessoas capazes de enfrentar os desafios da realidade
empresarial. Para se obter um verdadeiro aprendizado é necessário aprender
novas maneiras de ensinar. Para que realmente as organizações se tornem
verdadeiras organizações do conhecimento, os conteúdos da educação devem ser
de interesse do aprendiz. A partir de situações reais que acontecem no local de
trabalho, é que se verificam os pontos fortes e fracos na realização das tarefas.
Esse tipo de diagnóstico é possível somente quando as pessoas envolvidas têm
a possibilidade de expressar suas dificuldades. Portanto, o diálogo passa a ser
uma das grandes ferramentas para a criação do conhecimento. A aprendizagem
organizacional deve estar com o foco direcionado para o desenvolvimento
do conhecimento organizacional. Para que essa nova dinâmica de torne uma
prática nas organizações é necessário novas maneiras de educar que permitam
às pessoas atuarem de maneira efetiva, e não como meros expectadores, no
desenvolvimento dos objetivos organizacionais. A aprendizagem organizacional
visa, acima de tudo, apresentar ou conscientizar as pessoas para a necessidade
de se criar novas maneiras de ensinar visando à criação do conhecimento. Para
isso, é necessário o envolvimento de todos os profissionais, pois a verdadeira
aprendizagem passa pela mudança cultural e a destruição de modelos mentais
que aprisionam a criatividade e a criação de novos modelos mentais direcionados
para o desenvolvimento do conhecimento organizacional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v5i2.291