ANÁLISE COMPARATIVA DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA DOS SEGMENTOS DE CALÇADOS E ALIMENTOS DIVERSOS

Amanda de Paula, Mayara Nakaoka, Adalberto Ramon Valderrama Gerbasi, Isabel Cristina Gozer

Resumo


Este estudo apresentou, mediante a análise horizontal da demonstração do fluxo de caixa, uma comparação no período de 2009 a 2011, das empresas de dois setores diferentes da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo - BM&FBOVESPA, ou seja, o setor de calçados e o de alimentos diversos. A demonstração dos fluxos de caixa é uma demonstração muito dinâmica, oferecendo ao gestor informações que auxiliam na tomada de decisões e permitem a verificar o estado de liquidez da empresa. As empresas analisadas apresentam seus dados monetários em mil, e seguem a classificação setorial do sitio da BM&FBOVESPA, que utiliza como método para tais classificações a análise dos produtos ou serviços que tem maior contribuição na formação das receitas das companhias. Após uma análise intrínseca conclui-se que tanto no caixa líquido de atividades de investimento, como no caixa líquido de atividades de financiamento os segmentos apresentam dados sem grandes diferenças, no período analisado. Sendo que a maior diferença, dentre os dados analisados dos dois segmentos, ocorre no caixa líquido de atividades operacionais, pois no intervalo dos anos de 2009 a 2010, as variações percentuais no caixa líquido de atividades operacionais no segmento de calçados apenas a empresa Cambuci registrou uma queda de -29,72%, enquanto que no segmento de alimentos diversos apenas a empresa M Dias Branco Indústria e Comércio de Alimentos apresenta uma elevação de 2,60%. Porém, observa-se que, de 2010 a 2011, os segmentos apresentam comportamentos inversos, ou seja, quando um demonstra estar em alta, o outro apresenta queda.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v15i1.5017