O IMPACTO DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS SOBRE A MOTIVAÇÃO DO COLABORADOR EM ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO (OSCIPs)

André Salata Lima, Cleiciele Albuquerque Augusto

Resumo


O presente estudo objetiva compreender a influência que as práticas de gestão de pessoas exercem sobre a motivação no trabalho realizado por colaboradores em Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs) de Maringá-PR. A busca por essa compreensão considera as necessidades básicas de cada indivíduo, fatores de higiene, fatores motivacionais e incentivos de interação social pelos quais funcionários são motivados. Para tanto, a partir de estudos referentes aos processos de gestão de pessoas, motivação e terceiro setor, com foco para organizações qualificadas como OSCIP, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com gestores dessas instituições, bem como aplicados questionários com os seus funcionários. Os resultados indicaram que as organizações apresentam práticas de gestão de pessoas pouco estruturadas, com processos não formalizados e ausência de planejamento estratégico para os recursos humanos. Constatou-se que os colaboradores possuem uma forte orientação para causas sociais, o que estabelece uma sólida ligação emocional entre o funcionário e a organização. Conclui-se que, apesar de necessidades de estima e realização terem sido destacadas pelos funcionários, tais necessidades não foram observadas como fatores motivadores significativos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v19i1.6432