QUALIDADE E RELEVÂNCIA DO LAUDO DA PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL: UM ESTUDO DE CASO À LUZ DA TEORIA DAS EXPECTATIVAS

Cintia Assagra Escalfi, Giulia de Oliveira Romão, Edileusa Cristina Borçato

Resumo


É notável a precisão da perícia contábil como suporte para auxiliar os magistrados em suas tomadas de decisões em assuntos relacionados a patrimônio e finanças patrimoniais. Desta forma, o laudo se torna importante àquele que precisa de ajuda e instruções técnicas para julgar, logo é imprescindível que o laudo pericial contábil seja qualificado para que seja utilizado como prova. Todavia, torna-se significativa esta pesquisa da qual o objetivo geral foi examinar a qualidade e relevância dos laudos periciais contábeis para os magistrados das varas cíveis de Umuarama e região. Este estudo é exploratório-descritivo, transversal, com abordagem qualitativa, cuja coleta de dados ocorreram durante três meses, sendo de setembro a novembro de 2017, em 17 municípios, em uma amostra de oito juízes, sendo que apenas quatro juízes responderam à pesquisa pessoalmente e um respondeu via internet através do questionário eletrônico estruturado pelo software Survio. O desfecho da pesquisa informa que os magistrados esperam que o perito contador tenha características referentes à índole de um profissional contábil, jamais esquecer da ética e da educação continuada, sempre ter competência para elaborar o laudo. Assim, fica evidente a satisfação do laudo pericial para os magistrados das comarcas das varas cíveis de Umuarama e região.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v19i1.6719