Proposta de avaliação dos distúrbios da imagem e esquema corporal em pacientes hemiplégicos da clínica de fisioterapia da Unipar e do Lar São Vicente de Paulo - Umuarama - PR

Weber Gutemberg Alves de Oliveira, Miriam Patrícia Aparecida Nascimento da Silva, Danielle Prado

Resumo


O Acidente Vascular Encefálico caracteriza-se por um comprometimento da função cerebral decorrente de processos patológicos ou por hemorragias ou isquemia, envolvendo vasos cerebrais. Dentre os sinais incapacitantes do AVE destaca-se a disfunção sensorial, sendo que tal disfunção pode levar o paciente a apresentar a síndrome da Heminegligência, esta que é definida como a incapacidade do indivíduo em detectar, referir, orientar-se ou responder a estímulos apresentados no lado contralateral à lesão cerebral; portanto este estudo tem como objetivo testar e propor uma ficha de avaliação organizada pelas autoras da pesquisa, com testes citados pela literatura; para aplicação nos pacientes com indicação de fisioterapia. Organizou-se uma ficha de avaliação com 11 testes, dos quais, somente 7 foram aplicados e 4 testes foram excluídos. Dos 7 testes aplicados 5 obtiveram maior incidência de positividade, sendo estes propostos para complementar a ficha de avaliação do adulto portador de lesão neurológica. Portanto, faz-se necessário para um posterior tratamento, prevenindo possíveis complicações, melhorando a imagem e esquema corporal, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos indivíduos acometidos pelo Acidente Vascular Encefálico, tornando a reabilitação mais precisa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v7i3.2003.1085