Análise comparativa da anatomia do forame nutrício da fossa ilíaca de brasileiros e norte-americanos

Fernando Carlos de Sousa

Resumo


O presente estudo trata da anatomia do forame nutrício na fossa ilíaca em brasileiros e compara-os com dados coletados na população norte-americana. Foram estudados 55 ossos ílios secos nos quais observou-se forame ausente em 11 ossos e duplicado em 8. Nos casos de duplicação foi considerado acessório o forame de menor diâmetro e como principal o de maior diâmetro, tendo o forame acessório localização ínfero-posterior em relação ao forame principal. O forame nutrício principal estava localizado a 11.56 ± 3.91 mm lateral a linha da articulação sacroilíaca ântero-superior e orientado perpendicularmente a essa linha; 16.82 ± 6.97 mm superior a linha arqueada paralelo a linha da articulação sacroilíaca e 56.12 ± 10.95 mm inferior a crista ilíaca. Conclui-se que, semelhantemente ao descrito para a população norte-americana, o forame nutrício na fossa ilíaca em brasileiros possui íntima relação com a articulação sacroilíaca, sendo nestes mais comum a ocorrência de duplicação ou ausência do forame. Acreditamos que estes dados sobre a anatomia do forame poderão contribuir para a interpretação de imagens e o manuseio intraoperativo da artéria nutrícia neste osso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v7i3.2003.1088