Características Gerais Dos Neurônios Mioentéricos Do Segmento Intestinal Médio Do Pacu Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) (Teleostei: Serrasalmidae)

Sandra Regina Stabille, Giovana Rodrigues Alves, Ricardo de Melo Germano, Marcílio Hubner de Miranda- Neto

Resumo


Considerando a importância do plexo mioentérico nos processos digestivos e a escassez de dados sobre o referido plexo em peixes, realizamos a análise morfológica e quantitativa dos neurônios mioentéricos do segmento intestinal médio de Piaractus mesopotamicus. Os objetivos foram fornecer subsídios ao conhecimento do plexo mioentérico de peixes. Para tanto, utilizamos os segmentos intestinais médios de sete exemplares de P. mesopotamicus. Das amostras foram obtidas cortes histológicos corados pelos métodos de HE, Azan e Van Gieson e preparados de membrana corados pelo método de Giemsa. O material foi analisado ao microscópio de luz para localização, mensuração e quantificação de neurônios. O plexo mioentérico, formado por neurônios isolados e por gânglios esparsos, localizou-se entre as camadas longitudinal e circular da túnica muscular, sendo também observado entre os feixes da camada circular. No intestino do P. mesopotamicus, o plexo mioentérico tem uma densidade de 18.699 neurônios/cm2, sendo 22,8%, 52,8% e 24,4% neurônios pequenos, médios e grandes, respectivamente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v6i1.2002.1143