A Marcha em Idosos Saudáveis

Andrea Mayumi Mashimo, Fátima Aparecida Caromano

Resumo


Nas últimas décadas levantou-se a questão sobre o que é considerado normal na marcha da população idosa. Enquanto está bem estabelecido que muitos sistemas corporais declinam com a idade, a questão nos leva a pensar enquanto o declínio normal do organismo afeta o desempenho de atividades funcionais, como a marcha. A recente ênfase no cuidado da saúde e na obtenção de resultados funcionais faz com que os fisioterapeutas necessitem de critérios sobre a marcha normal em idosos. A proposta deste trabalho foi descrever as características da marcha em idosos saudáveis, baseando-se em pesquisas bibliográficas e na análise da marcha de 23 idosos saudáveis, elaborando para tanto, um protocolo de avaliação. A coleta de dados foi realizada por meio de filmes. Encontrou-se que, nos idosos estudados, ocorre diminuição da movimentação de cabeça, do tronco e membros inferiores, com ausência de dissociação de cinturas durante a deambulação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v6i2.2002.1166