Auto-Regulação Colinérgica da Transmissão Neuromuscular.

Juliana Silveira do Valle, Heraldo Echeverria Borges, Wilson Alves-do- Prado

Resumo


Auto regulação colinérgica é o nome dado à capacidade da acetilcolina de regular sua própria liberação neuronal. A acetilcolina atua sobre receptores nicotínicos e muscarínicos presentes nos terminais nervosos motores. Tais receptores, em conjunto com outros não colinérgicos, permitem que os terminais colinérgicos sejam regulados por agentes liberados próximos ou distantes dos nervos motores. O acionamento dos receptores nicotínicos e muscarínicos pré-sinápticos determinam, respectivamente, aumento e redução da quantidade de acetilcolina liberada para a fenda sináptica. Estudos farmacológicos sugerem que os receptores nicotínicos pré-sinápticos do terminal nervoso motor sejam do subtipo ganglionar Nn, por se comportarem de forma semelhante àqueles presentes nos gânglios autonômicos. Os muscarínicos, por outro lado, comportam-se farmacologicamente como receptores cardíacos do subtipo M2.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v6i2.2002.1177