PERFIL DE PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TRATADOS NA ATENÇÃO BÁSICA DE ARAÇATUBA - SP: A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO CRÍTICO-SOCIAL

Gean Domingos da Silva Souza, Débora Rossanese da Silva, Mariana Ferreira Sousa, Elton Carlos de Almeida, Sonia Maria Villela Bueno

Resumo


Investigar o perfil de pacientes diabéticos, em um grupo de pacientes atendidos na unidade de atenção básica de um município do interior paulista. Trata-se de uma pesquisa não experimental, de natureza quantitativa de caráter exploratório, descritivo, envolvendo 69 participantes de um universo de 670 cadastrados no programa HIPERDIA. Os dados foram analisados pela estatística descritiva. O estudo identificou que 64% pertenciam ao sexo feminino e 36% ao sexo masculino e que há uma predominância considerável prevalência do DM tipo 2 (88,4%). A maioria dos pacientes investigados é portador de DM tipo 2 e grande parte desses sujeitos relatam saber o que é e como tratar a doença. Mas, carecem de conscientização sobre a doença, demandando efetiva educação para a melhoria da qualidade de sua vida.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v18i2.2014.5174