LESÃO RENAL GLOMERULAR: PROCESSO INFLAMATÓRIO E O PAPEL DAS QUIMIOCINAS

Thalles Trindade de Abreu, Núbia Chouchounova Silva Neves, Lucas Ferreira Alves, Alba Otoni

Resumo


As lesões renais podem ser explicadas, de um modo geral, por agressões que causam danos às células e/ou tecidos e à resposta inflamatória gerada por esse processo a partir da ativação do sistema imune e estímulo contínuo de sua ação. Visando realizar o diagnóstico precoce da doença renal crônica e minimizar os aspectos econômicos e os impactos à vida do paciente causados pela instalação e progressão da doença renal, muitos autores procuram explicar os processos inflamatórios que são as linhas de bases de muitas doenças crônicas e os biomarcadores que participam desse processo. Este artigo tem por objetivo fazer uma revisão de literatura narrativa sobre a fisiopatologia da progressão da doença renal glomerular, bem como, as possíveis funções das quimiocinas como marcadores de progressão da doença renal.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v21i2.2017.5731