DELINEAMENTO EPIDEMIOLÓGICO DOS NASCIDOS VIVOS EM TEFÉ, AMAZONAS, NO PERÍODO DE 2006 A 2012

Wilsandrei Cella, Kerolly de Oliveira Marinho

Resumo


O objetivo deste estudo foi descrever as características epidemiológicas, dos nascidos vivos em um município no interior do Amazonas. Realizou-se um estudo de corte transversal de caráter quantitativo e descritivo no município de Tefé no período de 2006 à 2012. Os dados dos nascidos vivos foram obtidos pela secretaria municipal de saúde, no departamento de vigilância epidemiológica no banco de dados do Sistema de Informações Sobre Nascidos Vivos (SISNAC). As variáveis utilizadas foram características sociodemográficas, condições da gestação, parto e características dos nascidos vivos divididos em três eixos (maternas; pré-natal e recém-nascido). A partir dos resultados apresentados pode se evidenciar alto percentual de mães adolescentes, acompanhamento pré-natal insuficiente, baixa escolaridade e preenchimento inadequado do Apgar. Diante destes resultados, observou-se que o perfil epidemiológico dos nascidos vivos do município de Tefé não é satisfatório sendo imprescindível que o município aperfeiçoe a rede de atenção básica e consequentemente aprimore a  assistência e formulação de políticas públicas materno-infantil.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v21i2.2017.5897