ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO: RELATO DOS DESAFIOS ENCONTRADOS PELOS (AS) ESTUDANTES

Tatiana Gaffuri da Silva, Dauana Marchioro, Paola Ceratto, Julia Valéria Vargas Bittencourt, Jussara Gue Martini, claudio claudino da Silva

Resumo


Trata-se de um relato de caso de duas estudantes de enfermagem em Estágio Curricular Supervisionado (ECS) da Universidade Federal da Fronteira Sul, desenvolvido de agosto a dezembro de 2014 na atenção hospitalar. Com objetivo de analisar a percepção de estudantes de enfermagem sobre o Estágio Curricular Supervisionado no processo de formação. Durante a realização das atividades as estudantes identificaram duas categorias temáticas, a primeira delas focaliza o papel do professor orientador e a articulação entre academia e serviço e a segunda destaca o papel do ECS na formação. A inserção do estudante no campo de atuação da prática é um requisito legal, contudo, merece reflexão, a preparação da academia/serviço/estudante visando o melhor desenvolvimento do estudante no processo de transição do ser graduando ao ser enfermeiro. Dessa forma, embora sejam reais e explícitos os conflitos vivenciados pelo estudante, durante o período de ECS é perceptível o quanto esta exposição à práxis diária o fortalece, impelindo-o na transposição de seus limites. Logo, o ECS contribui significativamente no processo de formação possibilitando ao estudante elementos essenciais para o exercício profissional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v21i2.2017.5912