Acesso e avaliação dos serviços de saúde bucal em uma localidade rural da região sul do Brasil

Fábio Luiz Mialhe, Clícia dos Santos Rodrigues de Oliveira, Débora Dias da Silva

Resumo


O acesso da população aos serviços de saúde é um dos pré-requisitos para uma assistência à saúde efi ciente.
Para avaliá-lo, a opinião e a satisfação dos usuários são reconhecidas como importantes indicadores de qualidade. Com o
objetivo de analisar o acesso e os serviços de saúde bucal segundo a visão dos moradores da Vila Rural Serra dos Dourados,
situada no município de Umuarama/PR, foi aplicado um questionário contendo 07 questões, abordando há quanto tempo
tinha sido a última consulta ao dentista, o local, o motivo, a avaliação do atendimento, educação sobre saúde e satisfação
com as informações recebidas. A amostra foi constituída de 54 adultos e os dados obtidos revelaram que a maioria (94,5%) já
tinha ido ao dentista e boa parte (41%) não procurava o profi ssional há mais de 3 anos. O serviço público foi a principal via
de acesso para os serviços (52%). Os principais motivos pela procura de atendimento foram presença de cavidades (41%) ou
dor nos dentes (31%). A maioria (86%) avaliou o atendimento como “bom” e 65% receberam informações sobre como evitar
problemas bucais, apesar de 17% ter relatado que estas informações foram insufi cientes. Concluiu-se que os moradores já
tiveram acesso ao consultório do dentista algum dia, mas, infelizmente, para a realização de tratamentos do tipo invasivo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v10i3.2006.618