DIETA COM RESTRIÇÃO DE CÁLCIO OU ANIÔNICA EM VACAS LEITEIRAS NO PRÉ-PARTO

Kassio Albani, Aleksandro da Silva

Resumo


Várias são as enfermidades metabólicas que acometem vacas leiteiras, entre elas a hipocalcemia, conhecida também como febre do leite, paresia puerperal ou síndrome da vaca caída. Essa patologia pode acometer animais em até 72 horas após o parto, devido a uma falha no metabolismo nutricional de cálcio, que ocorre após uma demanda súbita desse mineral para o início da lactação. Esta tem sua maior ocorrência em animais de alta produção de leite e principalmente com mais de duas lactações. Assim, o objetivo deste trabalho, por meio de revisão de literatura, foi cogitar sobre as metodologias de fornecimento de dieta aniônica e dietas deficientes em cálcio, fornecidas no período de pré-parto das vacas, a fim de evitar ou minimizar problemas futuros em decorrência da hipocalcemia, o que tem apresentados resultados positivos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v20i2.2017.5573