INGESTÃO DE CORPO ESTRANHO DE CHUMBO POR CÃO DA RAÇA Daschund - RELATO DE CASO

Renata Panichi da Veiga de Lucca

Resumo


O presente trabalho relata a ingestão de corpo estranho de chumbo por um cão da raça Daschund, fêmea, atendido em uma clínica particular no município de Pitanga-PR visualizado pelo proprietário há aproximadamente 20 dias. A paciente apresentava vomito há 48 horas, mas apresentava-se hidratada e demais parâmetros dentro da normalidade. O diagnóstico foi confirmado com radiografia simples e o protocolo terapêutico instituído foi o cirúrgico. Apesar do tempo de exposição ao objeto púmblico, a paciente não apresentava alterações clinicas de intoxicação pelo metal. Após 10 dias da gastrotomia, a paciente recebeu alta e permaneceu sem sinais de intoxicação pelo chumbo até o momento.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v20i2.2017.5684