COMPORTAMENTO DE MILHO HÍBRIDO PARA SILAGEM EM DIFERENTES CONDIÇÕES DE SUCESSÃO DE CULTURAS NO MUNICÍPIO DE UMUARAMA-PR

Carlos Magno Quirino de Farias, Valmir Fernandes, Simone de Melo Santana Gomes, Adão Izidoro Junior, Sephora Serrano Baldisera, Raiane Pereira Schwengber, Gesivaldo Alves do Nascimento

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar o comportamento do milho híbrido para silagem em diferentes condições de sucessão de culturas no município de Umuarama – PR. O experimento foi realizado em duas diferentes áreas da fazenda experimental da Universidade Paranaense – UNIPAR, no referido município. Na área 1 cultivou-se o milho em sucessão à cana-de-açúcar e na área 2, em sucessão à pastagem do gênero Brachiaria. O experimento foi conduzido no período de dezembro/2014 a abril/2015. Utilizou-se o milho híbrido 2B688 PW, cujos tratos culturais foram realizados conforme a necessidade da cultura. Após 78 dias da semeadura, foram amostradas, aleatoriamente, 19 parcelas de 8m² em cada área, onde se avaliou altura de plantas e de inserção de espiga, comprimento e diâmetro de espiga. Não foram verificadas diferenças significativas entre os tratamentos para todas as variáveis analisadas, evidenciando que a cultura do milho apresentou as mesmas respostas quando cultivada em sucessão à cana ou à pastagem de Brachiaria.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v19i4.2016.6101