AVALIAÇÃO DOS FITORREGULADORES AUXINA E GIBERELINA NA GERMINAÇÃO E CRESCIMENTO DO ARROZ

Luana Pedroso, Juliana Leme Bertoldo, Bianca de Almeida Marchi, Rayane Monique Sete da Cruz, Bruna Caroline de Souza, Caroline Lermen, Odair Alberton

Resumo


O arroz (Oryza sativa L.) é uma planta da família das Poaceas (gramíneas), sendo um dos cereais mais cultivados no mundo. Os fitorreguladores como auxina e giberilina podem influenciar o crescimento e desenvolvimento das plantas como o arroz. O objetivo deste estudo foi avaliar a germinação e o crescimento do arroz sob diferentes doses de fitorreguladores (auxina e giberelina). Foram conduzidos dois experimentos, o primeiro para determinar a germinação e comprimento radicular das sementes de arroz. O segundo experimento foi conduzido para determinar a altura, massa seca da parte área (MSPA) e o conteúdo nitrogênio (N) da parte aérea (NPA). Nos dois experimentos foram testadas quatro doses de auxina + giberelina: 0 (testemunha); 200; 500 e 1000 mL ha–1. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco repetições para cada tratamento nos dois experimentos. A germinação das sementes e o comprimento radicular foram aumentados com a aplicação de auxina e giberelina. A altura e o NPA foram aumentados significantemente com a aplicação de auxina e giberelina. Concluiu-se que a aplicação de auxina e giberelina na cultura do arroz aumentaram a germinação e o comprimento radicular das sementes. Além disso, aumentou a altura e o conteúdo de nitrogênio nas plantas de arroz.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v19i4.2016.6103