Abordagem Crânio-Lateral para Tratamento Cirúrgico de Osteocondrite Dissecante da Cabeça Umeral no Cão

Marília Botelho de Oliveira Chaudon, José de Alvarenga

Resumo


Este trabalho descreve uma abordagem crânio-lateral para tratamento cirúrgico de osteocondrite dissecante da cabeça umeral, sem osteotomia, tenotomia ou miotomia, com retração crânio-dorsal e caudo-dorsal da borda ventral do músculo omotransverso e retração caudal do músculo deltóide porção acromial e retração cranial do músculo supra-espinhal, associadas à luxação parcial da articulação escápulo-umeral. O estudo foi desenvolvido em 41 cães com diagnóstico clínico e radiográfico de osteocondrite dissecante da cabeça umeral, onde 16 animais apresentavam lesões bilaterais e 25 apresentavam lesões unilaterais. No pós-operatório adotou-se imobilização externa e restrição de exercícios, seguida de retorno gradual às atividades físicas, e em torno do 30º dia os animais tiveram suas funções motoras completamente restabelecidas. Houve formação de seroma em apenas seis dos 57 procedimentos realizados. A técnica é simples, reduz o traumatismo permitindo exposição adequada da superfície articular para o tratamento da lesão.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v3i2.2000.699