ALTERAÇÕES HEMATOLÓGICAS EM FELINOS COM ESPOROTRICOSE CUTÂNEA

Isabel Martins Madrid, Antonella Souza Mattei, Alessandra Jacomelli Teles, Marlete Brum Cleff, Márcia Nobre, Mário Carlos Araújo Meireles

Resumo


A esporotricose é a micose subcutânea de maior ocorrência em pequenos animais, especialmente felinos e caninos. Esta doença causa lesões cutâneas ulceradas de caráter subagudo ou crônico que podem resultar no comprometimento do estado geral do animal. Este estudo avaliou alterações hematológicas em gatos com esporotricose relacionando-as com a forma clínica da doença. As alterações hematológicas foram observadas em 73,3% dos animais, sendo caracterizadas principalmente por leucocitose por neutrofilia e anemia. Os resultados demonstram que animais com a forma cutânea fixa da micose não apresentam alterações no hemograma, enquanto animais com a forma cutânea disseminada desenvolvem importantes alterações que indicam o agravamento do quadro clínico com possibilidade de evolução da micose para uma forma sistêmica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v15i1.2012.4164