LEUCEMIA LINFOCÍTICA B EM CÃO JOVEM: RELATO DE CASO

Ivan Felismino Charas dos Santos, Giovanna Cristina Brombini, Filipe Issac Tannus, Mayara Viana Freire Gomes, Mariana Gomez Reis, Amanda Carla Garcia Assis

Resumo


O presente relato teve como objetivo descrever um caso de leucemia linfocítica B em um cão da raça maltês, fêmea, com três anos de idade, demonstrando a metodologia de diagnóstico e a variação da patologia clínica após o tratamento exclusivamente por esplenectomia. A linfocitose acentuada observada no hemograma e presença proliferativa de linfócitos na medula óssea determinou a suspeita da leucemia linfocítica. A leucemia linfocítica B foi diagnosticada por meio da citologia aspirativa da medula óssea, imunocitoquímica e citometria de fluxo. O tratamento foi exclusivamente por esplenectomia e dois anos após a cirurgia o animal não apresentou recidiva da afecção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v19i2.2016.5931