CONHECIMENTO MATEMÁTICO DOS ESTUDANTES DOS ENSINOS FUNDAMENTAL E MÉDIO: ANÁLISE DO CONTEXTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM EM FRAÇÕES, DECIMAIS E PORCENTAGEM

Graziella Ribeiro Soares Moura, Antonio Celso de Mattos

Resumo


Aprender matemática se faz, atualmente, mais do que necessário, é um ingrediente fundamental para a sobrevivência nesta sociedade que a cada dia se torna mais matematizada, em função da evolução tecnológica que tende a dominar vários setores da vida humana. Dados do último Exame Internacional de Avaliação dos Estudantes da Educação Básica, o Pisa, realizado em 2009 revelaram que mais da metade dos alunos dos ensinos fundamental e médio encontram-se em um nível insatisfatório de aprendizagem matemática. Os resultados das últimas avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica, a Prova Brasil e do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo, o Saresp, corroboraram as estatísticas do Pisa ao demonstrar rendimento aquém da média estipulada pelos órgãos governamentais da educação. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivo verificar o conhecimento dos estudantes sobre números racionais: frações, decimais e porcentagem, conteúdos muito importantes e totalmente necessários para a formação dos alunos. Empregou-se como delineamento a observação direta extensiva com a aplicação de um protocolo com dezessete exercícios/testes contemplando estes conteúdos a 358 alunos do 8º ao 9º anos do ensino fundamental e do 1º ao 3º anos do ensino médio de escolas públicas e particulares do município de Bauru/SP. Concluiu-se que existe uma defasagem muito grande no desempenho destes estudantes com relação aos conteúdos investigados. Necessário se faz rever os processos pedagógicos, pois os conhecimentos contemplados nos protocolos são ensinados por volta do 5º ano do ensino fundamental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v14i2.2014.5596