IDEAIS DOS PIONEIROS DA EDUCAÇÃO NOVA: ATUALIDADE NA EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA?

Beatriz Ana Zambon Ferronato

Resumo


O presente artigo tem por objetivo realizar um breve estudo do contexto no qual despontou o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, em 1932. Com base em revisão bibliográfica, aborda aspectos históricos e culturais do período que antecedeu o lançamento do Manifesto e a efervescência da disputa entre duas correntes – renovadores e educadores ligados à Igreja Católica - pela supremacia em termos de proposta para a educação no país, da qual resultou a proposição do Manifesto, de acordo com os ideais escolanovistas. Conclui apresentando indicativos de que o teor do Manifesto publicado há oito décadas conserva atualidade em termos de desafios educacionais e de aspiração por uma educação pública de qualidade para o país.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v15i2.2015.5626