EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA INCLUSIVA NO ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE EDUCANDOS COM DEFICIÊNCIA

Dorcely Isabel Garcia, Maria Luiza da Luz Munhoz

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir acerca da inclusão de alunos com deficiência no ensino superior; mais especificamente na Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Paranavaí, no Curso de Pedagogia. Este estudo de cunho qualitativo e quantitativo foi motivado por estes questionamentos: existem alunos em situação de inclusão no curso de Pedagogia? Quais são as condições para o acesso, a inclusão e a permanência dos educandos durante a graduação? Quais são as condições de acessibilidade arquitetônica e pedagógica?. Para respondê-los, foram realizadas pesquisas bibliográficas e de campo. Em relação aos resultados, os dados demonstram que há dois alunos em situação de inclusão no curso de Pedagogia. Além disso, foi possível constatar que, apesar do avanço na legislação referente às políticas públicas da Educação Especial na Perspectiva Inclusiva, em termos de efetivação, as dificuldades são imensas. Quem frequenta o curso aponta que entre as maiores dificuldades estão a ausência de acessibilidade arquitetônica e pedagógica, a falta de recursos financeiros, físicos e humanos para assegurar a aprendizagem dos alunos com deficiência. Conclui-se que, apesar de inúmeros encaminhamentos legais acerca da educação inclusiva, são grandes os complicadores para o acesso, a permanência e a conclusão do curso de graduação. Na instituição pesquisa, por exemplo, a efetivação dos direitos humanos de estudantes com deficiência ainda não se concretiza plenamente, embora existam ações em prol da inclusão.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v20i1.2020.7475