TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES: UM DEBATE COM ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL

Tailise Marques Dias, Cassiano Scott Puhl

Resumo


Este artigo apresenta o relato de experiência de uma pesquisa desenvolvida com estudantes do 8º ano de uma escola pública do interior do Rio Grande do Sul. O tema investigado foi o tráfico de animais silvestres, sendo motivado pelo desconhecimento dos estudantes sobre as consequências e os danos causados ao meio ambiente desse tipo de tráfico e por uma apreensão de animais silvestres, criados ilegalmente, que ocorreu em um bairro onde residem. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi compartilhar com professor uma estratégia didática, fundamentada nos princípios do Educar pela Pesquisa, que proporciona a formação humana integral do estudante, tornando-o protagonista no processo de aprendizagem. A partir das atividades realizadas, o estudante tornou-se autônomo, crítico e consciente da importância de preservar o meio ambiente. Por fim, os estudantes sentiram a necessidade de compartilhar os conhecimentos aprendidos, conscientizando a comunidade escolar sobre os problemas causados pelo tráfico de animais silvestres, e de propor alternativas para intervir nessa realidade, confeccionando objetos decorativos que se assemelham aos animais traficados.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v20i1.2020.7505