SISTEMA DE CONFINAMENTO COMPOST BARN: INTERAÇÕES ENTRE ÍNDICES DE CONFORTO, CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS, ESCORE DE HIGIENE E CLAUDICAÇÃO

Vania Corrêa Mota, Ednilton Tavares de Andrade, Daniel Furtado Leite

Resumo


O objetivo desse artigo é avaliar o conforto térmico de bovinos leiteiros confinados em instalações Compost Barn com base em índices de conforto térmico, parâmetros fisiológicos, escore de higiene e claudicação, por meio de análises estatísticas. A pesquisa foi realizada, em uma propriedade comercial do município de Três Corações no estado de Minas Gerais no período de verão e inverno de 2016. As variáveis microclimáticas e os escores de limpeza e de locomoção foram analisadas por meio dos procedimentos da análise de estatística descritiva. Os parâmetros fisiológicos foram submetidos a um delineamento experimental em blocos casualizados em parcela subdividida no tempo, por meio da análise de variância e teste de Scott-Knott. Aplicou-se a análise de correlação de Pearson. Não foi verificado estresse térmico nos animais na estação de verão e inverno. Os parâmetros fisiológicos se encontraram dentro dos limites de conforto animal. Existe um relacionamento maior entre a frequencia respiratória, temperatura superficial e temperatura retal e os índices de conforto animal no verão, quando comparada com o inverno. Para a análise dos escores, as vacas apresentaram uma melhoria na limpeza e um número muito baixo de vacas com problemas de cascos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v23i1cont.2020.6969