SOROPREVALÊNCIA DE Ehrlichia canis EM CÃES DE ABRIGOS E ASSOCIAÇÕES DE PROTEÇÃO, DO OESTE DO PARANÁ, BRASIL.

Fransael Franklyn Araújo da Silva, Anthony Henrique Cruz da Silva, Jaqueline Lunedo, Leonardo Bianchi de Oliveira, Simone Benghi Pinto, Marivone Valentim Zabott

Resumo


A erliquiose é uma doença riquetsial infecciosa causada por uma bactéria, pertencente ao gênero Ehrlichia, muito comum em cães e considerada uma importante hemoparasitose. Devido sua relevância na população canina e fácil transmissão através de carrapatos, mostra-se necessário conhecer  melhor os aspectos epidemiológicos desta doença. Este estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de Ehrlichia canis e os aspectos hematológicos em cães de abrigos temporários, de associações de proteção aos animais abandonados, nos municípios de Palotina e Guaíra, no Paraná. No total 60 cães foram submetidos à coleta de amostras sanguíneas, para realização de hemograma e imunoflourescência indireta para detecção dos anticorpos anti-E. canis. A prevalência encontrada foi de 60% (36/60), não houve correlação positiva com relação ao sexo dos animais, presença de carrapatos ou trombocitopenia. Os dados revelam uma alta prevalência desta doença parasitária em cães de abrigos e a necessidade do estabelecimento de medidas de controle dos agentes transmissores.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/arqvet.v23i1cont.2020.7732