Manifestações orais na AIDS

Ricardo Delfini Perci

Resumo


As manifestações orais devidas à infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), aparecem em cerca de 10% dos casos como os primeiros sintomas, e cerca de 20 a 50% dos pacientes apresentarão alguma manifestação durante a vida. Lesões fúngicas, como a acandidíase, aparecem em 60,6% dos pacientes; as lesões bacterianas são encontradas em 36,9%; as virais, em 32,5% e as neoplásticas em 14,4%. Algumas lesões apresentam evoluções pouco comuns, como a periodontite necrotizante e a úlcera aftosa recorrente. O diagnóstico clínico muitas vezes é realizado primeiramente pelo cirurgião dentista; o conhecimento e acompanhamento de tais lesões são fundamentais a esses profissionais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akrópolis.v4i14.1659