Entre a web, os textos e as ruas: práticas antissemitas no Brasil contemporâneo

Odilon Caldeira Neto

Resumo


O negacionismo, prática de falsificação histórica que nega o Holocausto e uma série fatores da conjuntura da Segunda Guerra Mundial, configura-se como suporte a alguns grupos antissemitas em atividade no Brasil, em especial o movimento neonazista, fenômeno intolerante e autoritário envolvido em recentes crimes no país. Este artigo tem por objetivo analisar indícios e o grau de relação entre estes dois fenômenos antissemitas contemporâneos.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR