SISTEMA PRISIONAL: CONHECENDO AS VIVÊNCIAS DA MULHER INSERIDA NESTE CONTEXTO

Camila Valéria Minzon, Glaucia Karina Danner, Danielle Jardim Barreto

Resumo


O presente artigo busca uma compreensão em torno de algumas experiências vivenciadas pelas mulheres que se encontram encarceradas, procurando contribuir para a produção de conhecimentos específicos sobre esta realidade. Para tal objetivo, utilizaram-se pesquisas bibliográficas que problematizam a relação entre o sistema penitenciário e o encarceramento feminino no Brasil. Serão discutidos: (1); o conceito de prisão (2); as relações de gênero (3); a construção de identidade da mulher presa (4); o perfil das mulheres presas e as estratégias de enfrentamento no cárcere (5); a importância do trabalho do psicólogo no contexto prisional. A partir deste estudo, pode-se concluir que este assunto necessita de mais discussões a respeito dos direitos das detentas e da diversidade humana, o que poderia lhes proporcionar condições para uma melhor qualidade de vida, mesmo que aprisionadas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akrópolis.v18i1.3118