O hábito de leitura de revista entre estudantes de um curso de Ciências Biológicas

Maria Anastácia Manzano, Luciano Seraphim Gasques, Camila de Medeiros, Nathalie Dantas, Rodrigo Ortiz de Carvalho

Resumo


O estudante do curso superior deve compreender que o seu desempenho no curso depende em grande parte da
sua dedicação e do seu empenho, e que nesse nível do ensino ele é responsável pelo seu estudo. Para isso tem que ser capaz
de ler e interpretar os textos da sua área. O objetivo deste trabalho foi verifi car o hábito de leitura de revista de atualidades
e de divulgação científi ca entre os acadêmicos do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Para tanto, foi aplicado
um questionário sobre o hábito de ler materiais impressos, o gosto pela leitura, os objetos da leitura e o conhecimento e
acesso a oito revistas nacionais, sendo três de atualidades e cinco de divulgação científi ca aos acadêmicos das turmas dos
quatro anos do curso de Ciências Biológicas. Os resultados mostraram que de maneira geral as revistas mais conhecidas pelo
grupo estudado são a Veja e a Superinteressante, sendo que a mais lida pelo grupo é a Superinteressante, lêem material de
divulgação científi ca porque precisam e o local de leitura é a casa e/ou a instituição escolar. Considera-se que o estudante de
biologia, futuro professor, tem entre suas preferências literárias os temas científi cos, uma vez que lê revista de divulgação
científi ca, porém cabe ao professor do Ensino Superior incentivar a leitura de maneira crítica para que o futuro professor
tenha responsabilidade ao passar o conhecimento científico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/akrópolis.v14i3.590