Educação Ambiental e os Parâmetros Curriculares Nacionais: Um Estudo de Caso Das Concepções e Práticas dos Professores do Ensino Fundamental e Médio em Toledo - Paraná.

Odir José Zucchi, Gregório Jean Varvakis Rados

Resumo


Com o crescimento acelerado da população do planeta, houve também um acelerado processo de urbanização, bem como um incessante crescimento da industrialização provocando mudanças nos padrões de consumo do homem moderno e a relação homem/natureza passou, em conseqüência, a ser ameaçada. Por causa destes fatos na atualidade, a Educação tem ocupado grande espaço na mídia, em geral juntamente com os principais problemas ambientais. Em vista disso, o presente trabalho apresenta o atual modelo de ensino formal com relação à abordagem de temas ambientais, disponibilizando informações adicionais sobre as temáticas Educação e Meio Ambiente, propondo-se a verificar se os professores de instituições públicas e particulares de ensino fundamental e médio vêm trabalhando estas temáticas e como está se dando este processo. Procura também mostrar o pensamento e ação do grupos de professores classificados nas áreas dos Planos Curriculares Nacionais quanto aos temas ambientais, visto que os resultados dos questionários observados e aplicados neste trabalho, apontam uma lacuna na formação dos professores que , de acordo com os antigos paradigmas, tiveram uma formação especialista e conteudista, voltada a sua área de conhecimento desarticulada do todo. Assim, ao término deste trabalho, procura-se mostrar a importância da interdisciplinaridade e a importância da sensibilização e conscientização dos professores e alunos, afim de garantir a formação de pessoas críticas e engajadas com a questão ambiental, buscando a formação de um cidadão integrado e participante nos problemas que envolvem o seu meio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/educere.v2i1.2002.836