Controle de Gestão Através do Painel Estratégico

Régio Marcio Toesca Gimenes, Paulo Andrzejevski

Resumo


A evolução da tecnologia de informação e o advento dos ERP´s (Enterprise Resource Planning), propiciaram às organizações a obtenção de informações em tempo real de todas as áreas da organização. Ninca se dispôs de tantas informações gerenciais como atualmente. Todo esse aparato tecnológico foi desenvolvido com o intuito de agilizar a troca de informação dentro da cadeia de valor e aprimorar os sistemas gerenciais de controle de gestão em que a busca da gestão inteligente seja o diferencial competitivo da atualidade. Este artigo apresenta uma ferramenta de controle estratégico de gestão, o qual sintetiza as informações necessárias ao processo de gestão inteligente, denominado Painel Estratégico. A metodologia utiliza uma estrutura gráfica, as relações de causa e efeito quando da comparação de cenários realizados ou passados (análise retrospectiva) e/ou na simulação com cenários projetados ou orçados (análise prospectiva). Através de uma visão bifocal compara a quantidade traduzida pela participação dos produtos e serviçõs comercializados na receita operacional bruta ROB, e a qualidade, determinada pelo percentual de margem de contribuição unitária. Os desvios surgem das variações em relação ao percentual esperado de participação na receita bruta por produto e a margem de contribuição geral obtida. utilizando semáforos parametrizados para medir estas variações, a metodologia facilita e agiliza o diagnóstico, identificando claramente o desempenho em nível de rentabilidade dos produtos classificando-os em "ganhadores e/ou perdedores", em função do lucro bruto, margem de contribuição relativa e absoluta e giro de estoques. O método introduz uma visão inovadora de cálculo de giro econômico de estoques, determinando um indicador de gestão abrangente denominado margem versus giro. A metodologia baseia-se na linguagem universal do balanço patrimonial e demonstração de resultados, determina indicadores econômicos-financeiros consagrados, como: EBTDA, EVA, Retorno sobre o Patrimônio Líquido, etc, indicadores de gestão denominados de alavancadores financeiros, comerciais e industriais e indicadores intangíveis ou conceituais. outra contribuição da metodologia é a possibilidade de construção de um perfil de competitividade confrontando os produtos e serviços com relação a um benchmarketing, como: preço, qualidade, atendimento etc. Em uma única tela de análise sintetizada, o gestor visualiza e afere-se todo o processo de gestão de forma holística e conclusiva, bem como monitora as diretrizes detalhadas em metas, ações e resultados. A metodologia do Painel Estratégico, substitui as decisões empíricas e intuitivas por uma administração científica, transparente e participativa, explicitando as potencialidades, oportunidades e ameaças.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v3i1.1470