CRISE MUNDIAL DE 2008 E ADOÇÃO DE POLÍTICAS ECONÔMICAS PELO GOVERNO BRASILEIRO

Adalberto Dias de Souza, Marlon Juliano de Almeida, Cristina Magiroski, Marcos Junio Ferreira de Jesus

Resumo


O cenário econômico mundial, desde 2008, tem enfrentado um conturbado período financeiro, o qual vem intensificando a necessidade dos países em intervir, por meio de políticas econômicas, no contexto de suas economias. Nesse sentido, o presente trabalho tem por objetivo demonstrar como o Brasil foi capaz de superar os desajustes econômicos apresentados neste período, a partir de instrumentos de política econômica, viabilizando, de certa forma, que os reflexos da então crise, repercutissem de forma menos intensa no cenário econômico nacional. Para tanto, a metodologia utilizada caracteriza-se como análise estatística descritiva, sendo ainda inseridos dados identificados como de fontes secundárias, os quais, obtidos através de registros históricos e estatísticos. Os resultados encontrados demonstram que as medidas adotadas pelo governo brasileiro no período crítico propiciaram um crescimento consideravelmente elevado para vários setores que desde então vem rompendo marcas históricas de vendas dentro deste setor.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25110/receu.v18i1.6213