CIVILIZAÇÃO E CULTURA EM NIETZSCHE: DOMESTICAÇÃO E ELEVAÇÃO

José André de Azevedo

Resumo


A radicalidade filosófica de Friedrich Nietzsche (1844-1900) descreve a situação do homem moderno, busca a causa do niilismo europeu e aponta perspectivas para a superação desse quadro. Opondo os conceitos de Civilisation e Cultur – Civilisation como domesticação e Cultur como elevação e fortalecimento –, o pensador alemão nos oferece uma importante e preciosa interpretação da modernidade, onde somente um “homem elevado” é capaz de atravessar o abismo aberto diante do homem moderno e constituir uma nova “raça” de humanos (übermensch).

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR