As Representações da Terra, do Regional e do Regionalismo na Mídia Televisiva

Leonardo Augusto Delgado

Resumo


Este estudo apresenta um breve panorama da comunicação e da mídia televisiva, abordando a representação do regionalismo, regional e terra, no que diz respeito à cultura, trabalho etc. No contexto da comunicação são comentadas algumas características como a sua bilateralidade, emissor e receptor, canal pelo qual são transmitidos padrões sociais, culturais, pensamentos, mitos, ações e hábitos dos indivíduos e as interações, segundo John B. Thompson, por sua “característica interativa; espaço-tempo, possibilidade de deixas simbólicas, orientação da atividade, dialógica e monológica”. Outro aspecto presente é a relação de poder entre os interesses de quem manipula, do poder simbólico e do poder ser uma relação, não uma coisa. Outra abordagem do estudo é o regionalismo como assunto explorado pelos meios de comunicação, com característica do antigo e do moderno, das novas representações, novos significados e significantes, e também o pensamento de que o desenvolvimento da tecnologia e da globalização da economia acabaria com o regionalismo. Nesse contexto de regionalismo, é possível falar, de maneira breve, sobre a cultura popular, que só é possível quando mantida por grupos sociais e, principalmente, o significado de suas ações em sociedade, incluindo outras demonstrações de folclore e como esses assuntos podem ser encontrados nos veículos de comunicação.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR