A variedade textual em livros didáticos de 7ª série do ensino fundamental

Daíne Cavalcanti da Silva, Tânia Bueno do Prado

Resumo


Existem muitas discussões sobre com incentivar a leitura nas escolas. O livro didático tem sido, para muitos, o único acesso ao conhecimento, e, portanto, a inserção desse material nas escolas – principalmente públicas – tornou-se indispensável. Com o passar dos anos, os livros de Língua Portuguesa superaram o paradigma de letras, fonemas e frases descontextualizadas, dando lugar aos textos como base para o ensino. A mudança no padrão de tais livros exigiu uma diversidade textual. Assim, além de textos verbais, surgem os textos híbridos e os não-verbais. Nesse sentido, serão analisados aspectos como se há uma variedade de textos e qual a qualidade deles em livros didáticos de 7ª série do ensino fundamental aprovados pelo PNLD (Programa Nacional do Livro Didático) do ano de 2008.

Texto completo:

PDF


Esse periódico está licenciado sob uma Licença Creative Commons CC BY 4.0

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR